sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Aprender a Confiar - Rafaela Pinho


É hoje!

(clique para ampliar)

Você não tem mais desculpas para não participar desta programação. Hoje as mulheres da MCA, a partir das 19h,  farão um delicioso jantar para quem for direto do trabalho e o  espaço infantil estará pronto para receber as crianças que irão. Participe. Venha orar por nossa Igreja!

Prepare-se

(clique para ampliar)

ATENÇÃO ACAMPANTES,

Nosso acampamento está se aproximando e todas as vagas já foram preenchidas.  Na rede deste sábado, a partir das 19h30, teremos uma programação especial para todos os participantes. Aproveitamos para avisar que aqueles não acertaram o valor da inscrição faça isso o mais rápido possível.  Temos alguns compromissos para cumprir.

Contamos com a participação de todos!

Pense Nisso

(clique para ampliar)

"Você não está tão velho para estabelecer novos objetivos ou sonhar novos sonhos!"

Reviravolta

…Aquele que, antes, nos perseguia, agora, prega a fé que, outrora, procurava destruir. Gálatas 1:23
Guilherme era um amigo no seminário que, ao vir a Cristo, abriu mão de um estilo de vida evidentemente pecaminoso. Ele descreveu assim sua experiência: “dirigia rua abaixo, bebendo uma garrafa de conhaque com a esposa de outro homem ao meu lado. Ao ver alguns cristãos na calçada testemunhando sobre Cristo passava com o carro e gritei: ‘Otários!’ Todavia, algumas semanas depois ajoelhei-me em uma igreja pedindo a Cristo que se tornasse meu Salvador e Senhor.” O resultado da conversão de Guilherme foi sua desistência dos velhos dias e uma experiência de nova vida em Cristo. Foi uma reviravolta que transformou sua vida.
O verdadeiro arrependimento, que é iniciado pelo Espírito Santo, inclui uma reviravolta genuína. Frequentemente vemos que quanto maior é a oposição ao evangelho antes da conversão, mais maravilhosa é a mudança de direção que ocorre depois. Quando Saulo de Tarso encontrou Jesus na estrada para Damasco, ele foi transformado de um perseguidor para um pregador do evangelho. Sobre isto, muitos observaram: “…Aquele que, antes, nos perseguia, agora, prega a fé que, outrora, procurava destruir” (Gálatas 1:23).
A conversão autêntica inclui arrependimento, que é uma mudança da mente e de direção. Para o seguidor de Cristo, o arrependimento significa continuar voltando-se contra o pecado e para Cristo em obediência.
Arrependimento é sentir tanto por ter pecado a ponto de se dispor a abrir mão dessa prática.

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Me ama - Diante do Trono


Pequeno Grupo

(clique para ampliar)

Mais uma novidade para você, ou melhor, para aquelas que já acharam a tampa de sua panela: Encontro de Jovens Casadas! Venha orar, cantar, conversar e compartilhar experiências! O encontro acontece a cada quinze dias na casa da Aline e do Jé! 

Então anote aí: a próxima reunião será no dia 13/09/2012, a partir das 20h. Para mais informações e detalhes fale conosco.

Todas estão convidadas. 

Jubatrem Prêta-à-Porter

(clique para ampliar)

Lançamos os dois primeiros modelos de camisetas Jubatrem. Se você gostou e quer entrar nessa moda fale conosco!

Prepare-se

(clique para ampliar)


Para mais informações clique aqui

Pense Nisso

(clique para ampliar)

Garimpando ouro


…o valor da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro… 1 Pedro 1:7
Enquanto passávamos férias no Alasca, visitamos a mina de ouro El Dorado. Após um passeio e demonstrações de técnicas de mineração utilizadas na época da Corrida do Ouro, pudemos garimpar um pouco de ouro. Cada pessoa recebeu um recipiente e um saco de terra e pedras. Após colocar o conteúdo no recipiente, adicionamos água de uma vasilha e remexemos para agitar a mistura e permitir que o ouro, que é pesado, afundasse. Apesar de termos observado os profissionais, tivemos pouco progresso. Por que razão? Preocupados em descartar algo de valor, não queríamos desperdiçar pedras sem valor.
Isto me lembrou de como os bens, às vezes, nos impedem de encontrar o que realmente é valioso. Jesus teve um encontro com um homem rico para quem isto foi verdade. Sua riqueza terrena lhe era mais importante do que o tesouro espiritual (Lucas 18:18-30). Jesus disse: “…Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas!” (v.24).
Muito embora o dinheiro não seja mau, pode nos impedir de herdar riquezas verdadeiras se o objetivo de nossas vidas for acumular. Amontoar riquezas é tolice, pois é a fé genuína, e não o ouro, que nos sustentará nas provações e resultará em louvor, honra e glória a Deus (1 Pedro 1:7).
Mantenha seus olhos em Jesus para que riquezas terrenas não ceguem seus olhos para as riquezas espirituais.

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Seja tudo em mim - Mariana Valadão


Acamps

(clique para ampliar)

Nossa rede de sábado será uma amostra do que teremos em nosso acampamento. Você que se inscreveu não pode ficar de fora. Esperamos todos vocês as 19h30! Vem...

Oração é o que liga!

(clique para ampliar)

Você não tem mais desculpas para não participar desta programação. Neste dia as mulheres da MCA farão um delicioso jantar para quem for direto do trabalho. O espaço infantil estará pronto para receber as crianças que irão. Participe!

Pense Nisso


(clique para ampliar)


Jesus respondeu: "Está escrito: ‘Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus’". Mateus 4:4

Até estar satisfeito


…Eu sou o pão da vida; o que vem a mim jamais terá fome; e o que crê em mim jamais terá sede. João 6:35
Um amigo que mora em Singapura contou-me sobre um antigo cumprimento chinês. Em vez de: “Como você está?” as pessoas perguntam: “Você comeu até sentir-se satisfeito?” Este cumprimento provavelmente originou-se em uma época em que a comida era escassa e muitas pessoas não sabiam quando fariam sua próxima refeição. Quando havia comida, era aconselhável comer até ficar completamente satisfeito.
Após Jesus alimentar miraculosamente cinco mil pessoas com cinco pães e dois peixinhos (João 6:1-13), a multidão o seguiu querendo mais (vv.24-26). O Senhor lhes disse que não trabalhassem pela comida física que se estraga, mas “…pela que subsiste para a vida eterna, a qual o Filho do Homem vos dará […] Eu sou o pão da vida; o que vem a mim jamais terá fome; e o que crê em mim jamais terá sede” (vv.27,35).
Como seguidores de Jesus, devemos ajudar aqueles que têm falta de nutrição física adequada. E por meio disso podemos compartilhar as boas-novas de que a nossa fome por paz interior, perdão e esperança pode ser satisfeita ao conhecermos Cristo, o Senhor.
Jesus Cristo, o pão da vida, nos convida para vir até Ele para o Seu banquete feito para a alma, nos incitando a comer até nos sentirmos totalmente plenos
Há um anseio em todos os corações que apenas Jesus pode satisfazer.

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Eu sou livre - David Quinlan


Abrace essa visão!

(clique para ampliar)

Prepare-se


Para mais informações clique aqui

Pequeno Grupo


Jovem, venha participar do nosso pequeno grupo que acontece toda terça feira sempre as 20 horas. Durante algumas horas conversamos, trocamos experiências, cantamos, rimos e claro, oramos. 

Nossos encontros acontecem na casa do Jé e da Aline. Caso você queira participar e não sabe qual é o endereço, deixe seu e-mail no espaço para comentários ou mesmo entre em contato pelas nossas redes sociais. 

TODOS estão convidados. 

Pense Nisso


Sirva com Alegria



Servi ao Senhor com alegria… —Salmo 100:2
Há nove anos, um bom amigo saiu para uma corrida no horário do almoço e nunca mais voltou. Kurt De Haan era o editor-chefe do Nosso Andar Diário e morreu de um ataque cardíaco naquela quinta-feira ensolarada. Alguns de nós que trabalhávamos com Kurt ainda guardamos lembranças dele em nossos escritórios.
Por exemplo, em uma das minhas paredes, coloquei o último memorando que recebi de Kurt. Isto me lembra de sua meticulosidade como editor — esforçando-se ao máximo para apresentar a Palavra de Deus de maneira exata e bem feita. Outra colega deixa à mostra a última bola de papel que Kurt jogou em sua direção, lembrando-a de sua avidez por aproveitar a vida.
Cada vez que falamos sobre Kurt e do quanto sentimos sua falta, falamos sobre a combinação da busca por excelência misturada a uma personalidade agradável. Ele trabalhou muito e aproveitou a vida. Ele empenhou-se para ensinar a Palavra de Deus com integridade enquanto vivia sua vida com alegria.
Lembrar Kurt e seu exemplo é revigorante e desafiador. Lembra-nos de que outros estão nos observando e que podem dizer se estamos servindo “ao Senhor com alegria…” (Salmo 100:2), e se nosso amor por Jesus é demonstrado por meio de nossas boas obras (Efésios 2:10). Sirva bem. Sirva com alegria. Servir com alegria descreve a maneira que servimos o Salvador?
Para ter alegria duradoura, coloque Cristo sempre em primeiro lugar.

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Ele vive - Leonardo Gonçalves


Pense Nisso


E não se queixem, como alguns deles se queixaram... 

Nova rotina


Porque não temos sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; antes, foi ele tentado…]mas sem pecado. Hebreus 4:15
Um pastor, treinado em aconselhamento direcionado a traumas e luto, comentou que o maior desafio para as pessoas que sofrem, geralmente, não é a dor imediata à perda. O grande problema é ajustar-se ao tipo de vida diferente em seguida. O que era normal pode nunca mais sê-lo. Portanto, o desafio para aqueles que oferecem ajuda é dar assistência àqueles que sofrem, conforme se adaptam à “nova rotina.” Pode ser uma rotina que já não inclui mais a saúde forte, um relacionamento importante ou um emprego gratificante. Pode ser viver sem alguém amado, levado pela morte. A gravidade de tais perdas nos força a viver um tipo de vida diferente — independentemente de quão indesejada possa ser.
Quando a nossa “nova rotina” surgir, é fácil pensar que ninguém entende como nos sentimos. Mas isto não é verdade. Parte da razão por Jesus ter vindo era experimentar a vida entre nós, resultando em Seu ministério atual: “Porque não temos sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; antes, foi ele tentado em todas as coisas, à nossa semelhança, mas sem pecado” (Hebreus 4:15).
Nosso Salvador viveu uma vida perfeita, no entanto Ele também conheceu as dores de um mundo caído. Ele suportou tristeza, sofreu agonia. E Jesus está pronto para no encorajar quando os momentos escuros da vida nos forçam a adotar uma nova rotina.
Em nossos tristes desertos, Jesus pode prover um oásis de esperança.

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Estás comigo - Gabriela Rocha


Oração é o que liga!

(clique para ampliar)

Venha interceder pela nossa igreja. Você é nosso convidado!

Pense Nisso


Cada um, porém, é tentado pela própria cobiça, sendo por esta arrastado e seduzido. Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado; e o pecado, após ter-se consumado, gera a morte. Meus amados irmãos, não se deixem enganar.  Tiago 1:14-16


Negócio arriscado


Pois quem quiser salvar a sua vida perdê-la-á; quem perder a vida por minha causa, esse a salvará. Lucas 9:24
Conforme a crise financeira mundial se aprofundou em 2010, os executivos de um banco de abrangência mundial foram investigados por enganar seus clientes com relação ao risco envolvido em certos investimentos que estavam vendendo. Apesar de prometerem uma alta taxa de retorno, a empresa sabia que os investimentos estavam destinados ao fracasso, deixando aqueles que os compraram com as mãos vazias.
A decepção não é novidade. Jesus descreveu Satanás como aquele que “…jamais se firmou na verdade, porque nele não há verdade […] porque é mentiroso e pai da mentira” (João 8:44). O inimigo de nossas almas nos diz: “Viva apenas o presente”, quando sabe que o resultado será perda eterna.
Jesus, por outro lado, não ofereceu a Seus discípulos uma vida de prosperidade e desimpedimento, mas os chamou para o autossacrifício e identificação com Ele. Após dizer-lhes que seria morto e ressurreto, Jesus afirmou: “…Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, dia a dia tome a sua cruz e siga-me. Pois quem quiser salvar a sua vida perdê-la-á; quem perder a vida por minha causa, esse a salvará” (Lucas 9:23-24).
Há duas vozes nos dizendo onde investir nossas vidas. É um negócio arriscado seguir a voz errada.
Se nos apegarmos às verdades de Deus, não seremos enganados pelas mentiras de Satanás.

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Prepare-se

(clique para ampliar)

Programe-se

(clique para ampliar)

Espalhe essa notícia

(clique para ampliar)


Convide seu amigo para participar do  encerramento do mês da Juventude que acontece neste domingo, 26/08/2012, a partir das 19h. Será um culto alegre com música, teatro, rap e claro, muita comunhão e adoração. Todos estão convidados. 

Tome nota: 
Local: Igreja Batista Central em Jardim Tremembé
Endereço: Rua Paulo César, nº 46 (Altura do nº 1.100 da Av. Sezefredo Fagundes) 
Horário: a partir das 19h

Nada além de Ti - Thales e Gabriela Rocha


Pense Nisso

(clique para ampliar)

Um desenho dele


…porque o Senhor corrige a quem ama… Hebreus 12:6
Certo dia, meu filho abriu uma caneta marca texto de cor laranja e fez um desenho de seu pai. Com jeito infantil destacou os olhos, um nariz e uma boca, todos dentro de um círculo sobre duas longas varetas (ele me informou que aquilo eram as pernas). Embora meu filhinho tivesse ganhado muitos pontos pelo esforço, seu desenho não capturara bem as especificidades que teriam criado uma semelhança mais próxima à aparência de meu marido: olhos azuis, um sorriso confiante e cabelos com mechas grisalhas.
Como filhos de Deus, algumas vezes criamos imagens de nosso Pai celestial que não são precisas. Podemos ver Deus como alguém severo quando Ele corrige os padrões pecaminosos em nossas vidas. E porque a disciplina é dolorosa (Hebreus 12:11), podemos presumir que a correção de Deus é uma forma de vingança divina ou o resultado de Sua ira. Na verdade, é uma prova do Seu amor por nós. A Bíblia diz: “…porque o Senhor corrige a quem ama…” (v.6). Ele nos disciplina para nosso benefício, “…a fim de sermos participantes da sua santidade” (v.10) e experimentarmos a paz que resulta de um viver correto (v.11).
Hoje, se você está enfrentando a disciplina de Deus, lembre-se de que Ele não está olhando você lá de cima com desgosto ou sacudindo Seu punho vingativo. Imagine-o como um Pai interessado, corrigindo Seu filho, em quem se deleita, com amor (Provérbios 3:12).
A mão de disciplina de Deus é uma mão de amor.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Guia-me - Daniela Araújo


Pense Nisso

(clique para ampliar)

Levanto os meus olhos para os montes e pergunto: De onde me vem o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra. 

A teoria do tudo

…pois, nele, foram criadas todas as coisas, nos céus e sobre a terra, as visíveis e as invisíveis… Colossenses 1:16
Os cientistas têm procurado pela “Teoria do Tudo.” O físico Brian Greene, autor do livro O Universo Elegante: Supercordas, Dimensões Ocultas, e a Busca pela Teoria Final acha que a encontrou. A teoria de Greene “teoria das cordas” é um conceito complicado que sugere que tudo, em seu menor nível, consiste de combinações de fios ou cordas vibrantes. Ele descreveu sua teoria como “uma estrutura com a capacidade de explicar cada característica fundamental sobre a qual o mundo é construído”.
Com o passar dos anos, pensadores desde Newton a Einstein a Hawking a Greene investiram grande parte de suas vidas tentando compreender como o universo funciona — e propuseram teorias fascinantes.
Na verdade, para que qualquer teoria explique de maneira adequada tudo no universo deve começar e terminar com Deus. “…todas as coisas […] visíveis e as invisíveis…” (Colossenses 1:16) têm sua origem nele e existem para a Sua glória (Salmo 72:19). Os primeiros versículos do evangelho de João nos dizem que nosso Senhor criou o universo — e que sem a Sua mão de criação nada existiria.
Por essa razão, quando consideramos o mundo e tudo o que nele há, podemos exclamar com Isaías: “…toda a terra está cheia da sua glória” (6:3). Louve o Seu santo nome!
Toda a criação é um dedo estendido apontando em direção a Deus.

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Intimidade - Nivea Soares


Culto do Amigo

(clique para ampliar)

Convide seu amigo para participar do  encerramento do mês da Juventude que acontece neste domingo, 26/08/2012, a partir das 19h. Será um culto alegre com música, teatro, rap e claro, muita comunhão e adoração. Todos estão convidados. 

Tome nota: 
Local: Igreja Batista Central em Jardim Tremembé
Endereço: Rua Paulo César, nº 46 (Altura do nº 1.100 da Av. Sezefredo Fagundes) 
Horário: a partir das 19h


Oração é o que liga!

(clique para ampliar)

Será que você consegue?

Compartilhe

(clique para ampliar)

É neste sábado a partir das 19h. Todos estão convidados!

Garanta já sua vaga


Para mais informações clique aqui

Pense Nisso


"Dêem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus. Não apaguem o Espírito. Não tratem com desprezo as profecias, mas ponham à prova todas as coisas e fiquem com o que é bom. Afastem-se de toda forma de mal." (1 Tessalonicenses 5:18-22)

Afiando uns aos outros


Como o ferro com o ferro se afia, assim, o homem, ao seu amigo. Provérbios 27:17
As redes sociais na internet estão em ascensão. Mesmo quando separadas por grandes distâncias, as pessoas ainda conseguem obter bons conselhos e ouvidos dispostos para ouvir as pessoas on-line. Blogs, Twitter, e-mail, e links da rede são mais um recurso para recebermos e darmos aconselhamento espiritual.
Mas também é valioso encontrar-se pessoalmente com cristãos maduros para aconselhamento. “Voltou Eliseu de seguir a Elias…” (1 Reis 19:21), e Paulo mentoreou Timóteo como “…verdadeiro filho na fé…” (1 Timóteo 1:2). Ele inclusive admoestou Timóteo a estabelecer uma corrente de conselheiros experientes, a qual multiplicaria o crescimento espiritual (2 Timóteo 2:2). Moisés exortou os pais a ensinarem seus filhos por todo o dia: “… assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te” (Deuteronômio 6:7). O Maior Mestre, o próprio Cristo, ilustrou como se deve mentorear: “… designou doze para estarem com ele e para os enviar…” (Marcos 3:14).
Nestas passagens vemos o valor de nos encontrarmos pessoalmente em ambientes diferentes para que possamos nos estimular uns aos outros espiritualmente (Provérbios 27:17). Ao longo da jornada da vida, há momentos em que um sábio conselheiro pode nos beneficiar, ou podemos ajudar àquele que quer prosseguir.
Precisamos uns dos outros para chegar onde Deus deseja que vamos.

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Quebrantado - Vineyard


Acontece

(clique para ampliar)

Pequeno Grupo


Jovem, venha participar do nosso pequeno grupo que acontece toda terça feira sempre as 20 horas. Durante algumas horas conversamos, trocamos experiências, cantamos, rimos e claro, oramos. 

Nossos encontros acontecem na casa do Jé e da Aline. Caso você queira participar e não sabe qual é o endereço, deixe seu e-mail no espaço para comentários ou mesmo entre em contato pelas nossas redes sociais. 

TODOS estão convidados. 

Pense Nisso


"Mas quem ama a Deus, este é conhecido por Deus." 

Sem recompensa

…teu Pai, que vê em secreto, te recompensará. Mateus 6:18
A maioria de nós espera que amigos e colegas nos recompensem: um tapinha nas costas, uma medalha de herói, aplausos, um elogio sincero. Mas de acordo com Jesus, a recompensa mais importante nos aguarda após a morte. Possivelmente, os atos mais significativos de um ser humano permaneçam em segredo, vistos por ninguém além de Deus. Resumindo, a mensagem do reino é esta: Viva para Deus e para ninguém mais.
Como Jesus explicou, estamos acumulando algo como uma poupança, guardando “tesouros no céu” (Mateus 6:20) e não na terra — tesouros tão grandes que compensarão qualquer quantia de sofrimento. O Antigo Testamento deixou algumas dicas escassas sobre um pós-vida, mas Jesus falou claramente sobre um lugar onde “…os justos resplandecerão como o sol, no reino de seu Pai.…” (Mateus 13:43).
Em sua busca por um reino, os judeus da época de Jesus haviam procurado sinais da aprovação de Deus nesta vida, principalmente por meio de prosperidade e poder político. Começando com este discurso, Jesus mudou o enfoque para a vida que está por vir (cap.6). Ele abriu mão do sucesso neste mundo visível. Invista na vida futura, Ele nos alertou. Afinal de contas, a ferrugem, o ladrão, ou um inseto simplório podem destruir todo o resto que acumularmos (v.20).
A recompensa na eternidade não depende de reconhecimento nesta vida.

domingo, 19 de agosto de 2012

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Testemunho das meninas do vôlei - Ouro Olímpico


Vai perder?

(clique para ampliar)

Dia da Responsabilidade Social


Para mais informações clique aqui

Espalhe essa notícia

SÁBADO19h30

Igreja Batista Central em Jd. Tremembé
Rua Paulo César, nº 46
(Altura do nº 1.100 da Av. Cel. Sezefredo Fagundes)

Pense Nisso


Eles estão alertas

…brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus. Mateus 5:16
Uma equipe de jogadores de futebol profissional estava passando por uma temporada terrível, perdendo semana após semana. Um repórter perguntou a um dos jogadores de que maneira ele permanecia motivado para jogar e dar seu melhor ainda que sua equipe tivesse perdido a maioria dos jogos. Ele respondeu: “Meu pai está assistindo ao jogo. Minha mãe está assistindo ao jogo. Eu tenho mesmo que fazer o meu melhor!” Ele reconheceu que havia mais em jogo do que apenas ganhar ou perder. As pessoas estavam assistindo e esse fato sempre o motivou a dar o seu melhor.
Jesus nos lembrou dessa realidade nas primeiras porções de Seu Sermão da Montanha. Deveríamos viver reconhecendo que o que fazemos é observado por aqueles ao nosso redor — e a vida que vivemos demonstra quem é o nosso Deus. Ele disse: “Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus” (Mateus 5:16). De que maneira brilha a luz de nossas vidas? Ela brilha ao trazer o coração e o caráter de Cristo para situações que nos envolvem todos os dias, ao demonstrar compaixão pelos marginalizados ou esquecidos, como Ele fez. Brilha também quando demonstramos preocupação com o nome do Pai e Sua reputação.
As pessoas estão nos observando. A pergunta é: o que elas veem?
Deixe a sua luz brilhar — seja você uma vela num canto ou um farol sobre uma colina.

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

My Desire - Jeremy Camp


Pense Nisso


"Senhor, para quem iremos? Tu tens as palavras de vida eterna. 


Plugado

Faz forte ao cansado e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor. Isaías 40:29
Recentemente, minha esposa estava trabalhando em casa em seu computador quando subitamente percebeu que a bateria de seu laptop estava fraca e o computador estava prestes a ser desligado. O aparelho, no entanto, estava plugado, logo não deveria estar utilizando a carga da bateria. Seguindo o cabo de energia até o cabo da extensão, ela finalmente percebeu que a tomada da extensão estava ligada em uma de suas entradas e não na tomada da parede! Ela olhou para mim e disse: “Podemos utilizar essa situação como reflexão para um devocional.”
Quando ela disse isso, lembrei-me de uma passagem das Escrituras sobre o poder de Deus. Isaías identifica a verdadeira e infinita Fonte de força na qual devemos nos abastecer — “…o eterno Deus, o Senhor, o Criador dos fins da terra…” (v.28). Em seguida, ele fala àqueles cuja força está em declínio, encorajando-os a esperar no Senhor para renovar suas forças (vv.29-31) Isaías 40:27-31.
Jesus referiu-se a nós como galhos habitando nele, que é a Videira (João 15:4-5). É um paralelo com a poderosa conclusão de Isaías (vv.31), que promete que, se estivermos plugados em Deus, correremos e não nos cansaremos, iremos caminhar e não nos cansar.
Quando nos encontramos fracos e angustiados, precisamos nos plugar na verdadeira Fonte de força e vida.
O Criador do universo não conhece a falta de força.