segunda-feira, 18 de agosto de 2008

AÇÃO SOCIAL...


São Paulo, domingo ensolarado, 7h30 da manhã, formou o cenário ideal para mais de quarenta jovens focalizarem um único alvo: Dar um sorriso de Alegria.

Carregado o ônibus, era só pegar a estrada para o Lar Batista do Campo Limpo. Em 30 minutos lá estavam eles com disposição e muito carinho para oferecer a essas crianças, que desde cedo, têm de enfrentar problemas de gente grande. Por alguns instantes esquecem tudo e começam a perguntar, abraçar, brincar, conversar como se fosse grandes amigos de pessoas que acabaram de conhecer. Em cada rostinho, percebia-se, muitas vezes, a falta que faz não ter uma mãe ou um pai para dar carinho e afeto. Um pouco de atenção, realmente, é a única coisa que eles mais querem.

Essa unidade na zona sul atende 55 crianças e adolescentes de 2 a 18 anos no Projeto abrigo. O lar é uma entidade sem fins lucrativos reconhecida pelo governo desde 1983. Com o objetivo de promover o desenvolvimento espiritual e psicológico, a casa ampara crianças carentes incentivando no estudo, capacitação profissional e a reintegração dessas crianças a famílias e a sociedade.

Mesmo com o carinho que recebem das “Tias” que dedicam seus dom e talentos a essas crianças, a Gisleine, Alexandre, Lucas, João, Larissa e todas as demais crianças que vivem aliá não fazem idéia da felicidade que causaram nesses jovens. Quando todos pensavam: “Vamos Dar um sorriso de alegria”, fomos surpreendidos com outro pensamento: “Recebemos um sorriso de alegria”!

Ajude você também a manter o trabalho no Lar Batista:

Doações:
Banco Bradesco
AG: 0496-0 c/c: 7.602-3
Banco Itaú
AG: 0151 c/c: 48250-2

Informações:
End: R. Bueno de Andrade, 635, SP, Aclimação.
Tel: 3208-3074 / Fax: 308-8187
http://www.larbatista.com.br/ larbatista@larbatista.com.br

Um comentário:

mary_assis disse...

Agradeço imensamente a Deus por tal oportunidade:Por ter nos envolvido, Bortolândia e Central Tremembé, no projeto "Dê um sorriso de alegria", com mente e coração.
Experiência única, o qual aprendemos a dar mais valor e nos envolver mais com os projetos sociais.

“E NÃO NOS CANSEMOS DE FAZER O BEM” (gálatas 6:39)