sexta-feira, 15 de agosto de 2008

FATOS...


“Eis que venho em breve! Feliz é aquele que guarda as palavras da profecia deste livro”. Apocalipse 22.7

por Jéferson Nunes

Fim de semana, família reunida para o almoço e num momento de descontração, contam as histórias dos filhos quando ainda eram crianças. A maioria dos contos são engraçados, o constrangimento fica por conta dos mais jovens que acanhados afirmam não lembrar que fizeram tais coisas que hoje arrancam gargalhadas dos presentes.

No futuro próximo, talvez seja assim...

Em algum momento na eternidade, todos reunidos a mesa para um grande banquete com o PAI lembrando de das histórias sem constrangimentos, culpa, lágrimas, tristeza ou dor, pois definitivamente a morte foi vencida e livres da prisão do passado, sorriem, pois, podem ver e tocar O autor da fé.

"...Eles serão os seus povos; o próprio Deus estará com eles e será o seu Deus. Ele enxugará dos seus olhos toda lágrima. Não haverá mais morte, nem tristeza, nem choro, nem dor, pois a antiga ordem já passou”. Aquele que estava assentado no trono disse: “Estou fazendo novas todas as coisas!” (Apocalipse 21.3-5)


2 comentários:

line disse...

EM MIM..UM MISTO DE RSRS E CHORO...POIS NÃO VEJO A HORA DE ACONTECER ISSO!..AMEM!....VALEI ME DEUS!

Regiane disse...

Imaginar a eternidade as vezes me assusta, me falta o ar... Mas quando me deparo com tal realidade de que viverei eternamente com o Pai e vcs, cara isso me alivia e me dá uma alegriaa imensa... Estejamos todos prontos para o grande dia